5 de junho de 2010

AS TICs E A GERAÇÃO DO CONHECIMENTO

Postada por: Profª. Margaret Dalabeneta

O uso das tecnologias em sala de aula, apesar de todo o empenho de governos, seja nas esferas federal ou estadual, ainda é deficitário nas escolas públicas. O mundo caminha a passo rápido. As informações chegam a frações de segundos no meio virtual, mas o professor, em sala de aula, ainda não está devidamente preparado para atuar neste meio. As formações continuada, ofertadas até mesmo em plataforma de estudos on-line, buscam apresentar aos professores as diversas tecnologias de que a escola dispõe e de como se utilizar destas ‘ferramentas’ para enriquecer suas atividades didáticas e pedagógicas em suas aulas, visando aprimorar o processo de ensino e aprendizagem. Esta ‘nova’ forma de transmissão do conhecimento ainda encontra barreiras, mas, aos poucos, as mudanças estão ocorrendo.

O avanço tecnológico e a rapidez com que este chega até nossos adolescentes, pois são frutos da geração conectada, faz com que os educadores sintam-se exclusos, uma vez que essas tecnologias ainda não estão totalmente incluídas nos sistemas de ensino para que possam ser incorporadas as atividades escolares.

Não podemos afirmar que a escola não esta se adequando a essas mudanças. Os passos lentos desse avanço tecnológico ainda não estão agregando valores consideráveis à aprendizagem e ao ensino. Considerando-se que interagir por meio de uma tecnologia implica aprender uma linguagem entendida como atividade criadora da constituição de sujeitos e apropriação de um sistema de referência de mundo, nos leva a refletir o quanto é necessário não só introduzir tecnologias nas escolas, mas, sobretudo, integrá-las.

Dentro de uma perspectiva crítica é preciso proporcionar condições político-pedagógicas para que os envolvidos no sistema, educadores, alunos e comunidade compreendam e utilizem as linguagens das mídias, expressem seu pensamento, criem um diálogo e desenvolvam a criatividade e a criticidade.

A ferramenta responsável hoje, pela informação e transmissão do conhecimento, é sem dúvida, a Internet. Vista como grande responsável pela transformação não só cultural, mas, social e econômica dos países em desenvolvimento, as tecnologias já estão inseridas em nossas vidas e dela fazem parte.

A rapidez com que nos chega à informação nos leva a usar esta ferramenta em diversas áreas. A comunicação on-line, trabalhos ofertados e oferecidos em sites e a plataforma de estudos utilizada por nós, acadêmicos do Curso de Mestrado em Ciências da Educação, são exemplos claros da influência das TICs em nosso dia a dia.

A evolução tecnológica provoca um impacto nas transformações substanciais do conhecimento científico, na cultura, na política, na vida social e no trabalho, exigindo assim, pessoas cada vez melhor preparadas e atualizadas que melhor desenvolvam suas atividades com o conhecimento vivo e pulsante que emerge de experiências do cotidiano da esfera educativa e do mundo do trabalho.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CIFUENTES, Miguel Angel. Módulo Gestão do Conhecimento. Mestrado em Ciências da Educação. Universad Del Mar. Projeto Brasil 2010.

Um comentário:

Parceiro